Meu Primeiro Chifre: Me chamo Flávio, somos casados há 11 anos, temos um filho, um casal normal, ela que chamo (Lucia) uma moreninha, no auge dos seus 36 anos, com uma cintura fina, seios fartos e duros, uma linda bunda, bem cuidada, sempre depilada. Há tempos alimentava a ideia dela me dar um chifre, passei por uns 4 (quatro) anos insistindo, até que ela aceitou, agora faltava escolher a vítima para o nosso plano, vítima não, felizardo.

Meu Primeiro Chifre

No começo de setembro de 2016, fomos a um restaurante onde encontramos o felizardo o João, com a sua esposa, que na adolescência já havia dados uns pegas na minha esposa mas não rolou sexo, segundo ela me contanto, que sentia que ele tinha pegada. Nos cumprimentamos tudo normal, quando saímos do restaurante a (Lúcia) me falou que ela tinha uma vontade de saber se ele era aquilo que prometeu na sua adolescência e a mesma tinha o contato dele pois ele trabalha num Plano de saúde e minha esposa como médica numa clínica, então ela louca para sentir outra rola arquitetou tudo. No dia 14 de setembro de 2016, ligou para o João e lhe disse que necessitava de alguns papéis do Plano de Saúde e se o mesmo poderia levar até ela os papéis, como ele trabalhava em outra cidade perguntou se poderia deixar depois do expediente na clínica, sendo que a Lúcia pediu para ele deixar em nossa casa, passando o endereço para ele.

Lúcia esperta e louca por outra rola, deixou nosso filho na casa dos avós e disse que teria que sair para uma urgência e me ligou às 17h dizendo: – Sabe quem vem aqui em casa o João! Eu disse: – Como assim, ele vai aí ? Ela: – Você não queria, fica aí no escritório quietinho que eu vou lhe informando, vou desligar que ele chegou! Assim que desligou me mandou uma foto com vestidinho curtíssimo, com um decote nos seios que o deixa bem a mostra, com uma calcinha minúscula vermelha, nesta hora tremi de tesão, ficamos conversando por WathsApp, não podia ligar para não estragar o plano.

Segundo relato dela, infelizmente não estava presente, João chegou na porta buzinou e chamou, Lucia como havia acabado de tomar banho o chamou para subir e entrar, ele na mesma hora entrou e começaram a falar sobre trabalho, ela ofereceu água e pediu para ele sentar no sofá, sendo que João não tirava os olhos de suas pernas e seus seios, pois estavam todos a mostra, ele perguntou se ela estava sozinha onde eu Corno estava, ela disse que estava na capital a 300 km trabalhando, que eu só pensava em trabalhar e não tinha muito tempo para ela, nesta hora ela sentada também no sofá, caiu as chaves da porta no chão ela levantou e foi pegar agachando-se deixando a sua linda bundinha a mostra para o João, pegou as chaves e trancou a porta, sendo que começou a falar do passado quando eles se pegavam apenas em amasso, Lucia sentada no sofá com os pés em cima do sofá, deixando a sua polpa aparecer ele foi chegando perto cada vez mais, quando João a puxou e começou a beijá-la.

Neste instante Lucia pegou o celular me mandou uma mensagem: -Fica aí não vem embora que esquentou aqui, hoje você vai ter o que merece, corninho mansinho!

João começou a beijá-la loucamente, mas com medo que alguém chegasse mas ela abaixou o vestido ficou só de calcinha e lhe disse para ficar despreocupado que ninguém iria aparecer, quando João a pegou e jogou no sofá, tirou seu salto e começou a chupar os seus peitões ele ficando louco de tesão, foi chupando até a sua bucetinha, puxou a calcinha minúscula de lado e começou a lamber como um cachorrinho, Lucia se contorcia de tesão, João tirou a sua camisa e passou a esfregar na Lucia, quando ela mesmo abriu o cinto de sua calça e tirou a calça de João, ele só de cueca ela sentiu aquela coisa enorme lhe esfregando, curiosa, lhe tirou de cima, o deixou em pé na sua frente e ela sentada no sofá, quando abaixou a cueca, segundo ela, saiu uma cobra anaconda enorme fina um pouco na cabeça, mas iria engrossando até o pé, deveria ter uns 21cm. Lucia dizia que nunca tinha dado para um cara pauzudo e foi primeiro dela. Impressionada com pau do João, começou a beijar a cabeça até o saco, ele se suado frio de tesão, passou a forçar a cabeça dela contra aquele pau enorme, não aguentando Lucia abocanhou aquele pau, chupando por uns 20 minutos, já que não tinha visto um pau tão grande. João a pegou e deitou no sofá, chupou um pouquinho mais a sua xoxota que estava pingando, tirou a sua calcinha e sem camisinha mesmo, começou a colocar aquela jamanta dentro da minha esposinha, Lucia urrava com aquele pau, João a dizia que ela era muito apertada e quente, quando Lucia virou os olhos João colocou tudo dentro dela e começou um gostoso papai e mamãe no sofá.

Lucia levantou e virou de costa no sofá, ficando de quatro e pediu para João socar na buceta dela, tanto tesão ela só pedia para ele não gozar dentro dela, pois seria fatal com aquela bunda reondinha bronzeada com marquinhas de biquini, João começou a socar e dar uns tapas na sua bunda, ela gemendo com aquele Pau enorme dentro dela começou a gozar, João não resistindo até tentou tirar para não gozar dentro dela, mas gozou tudo no cuzinho e na bucetinha, escorrendo e caindo no sofá.

Lucia esposinha dedicada, sem se limpar colocou a calcinha e começou a colocar a roupa, João colocou a sua roupa, descansou um pouco, se despediu, prometendo repeteco e foi embora.

Lucia pegou o telefone e me ligou umas 19:30h me chamando, vem que ele já foi embora, mandou uma foto de calcinha com a bucetinha toda melada, como um corninho bem mansinho, sai em disparada em menos de 10 minutos já estava em casa, quando abro a porta da sala ela sentada toda corada de suor, cheirando sexo, com o sofá com respingo de porra, subimos para o nosso quarto e fui conferir o serviço, quando tirei a calcinha parecia clara de ovo de tanta porra, ela toda melada com a bucetinha vermelha e inchada, pediu para eu analisar se era isso que eu queria mesmo, mostrou a sua bundinha toda vermelha de tapas que tomou, louco de tesão comecei a chupar ela toda suja, quando coloquei meu pau, estava totalmente larga, perguntei se ele era dotado, Lucia falou que ele era muito pauzudo que ela estava esfolada, tesão era tanto que acho dei uma 5 bombadas gozei dentro dela.

Lucia saiu umas outras 4 vezes com ele no motel e na sua fazenda, inclusive, fez filminho e fotinhas para mim, mais isso vai ser em outro relato.