Minha Sobrinha Gostosa:

Ola este conto foi narrado por um amigo do bate papo no MSN isto esta acontecendo á um ano!!!!

Historia…Minha sobrinha tem 18 anos, e uma garota de corpo formado com seios bem formados uma garota de um 1.55, cabelos lizos e ruivos um belo bumbum redondo e lizinhos, ela tem uma bela centura e usa roupas bem atraentes ousadas ela e realmente linda, não mestroa mas já tem um grande vulcam em seu rabo o qual o deixa louca de tesão aponto de atacar qualquer um quando fica exitada.

Minha Sobrinha Gostosa

Eu tenho 35 anos e sou cazado, moro com minha esposa, minha cunhada que e separada e a maê da Juliana que e minha sobrinha de consideração a qual vai fazer 14 anos no começo do ano que vem e tambem mora conosco. Como trabalho a noite chego todos os dias as 6:00 hs.da manhã o exato horario que minha esposa e a irmã estão saindo pro trabalho, então fica só eu e a sobrinha mas quase não á vejo, como chego do trabalho tomo um banho e vou dormi, um certo dia desses passado como sempre tomei meu delicioso banho e fui pra minha cama só de cuecas como sempre, algums minutos depois ouço um rungido na porta do meu quarto mas como estava quase dormindo não dei muito atenção, mas em istantes sentir uma mão leve acariciando meu penis como estava descoberto e so de coecas fingie que estava dormindo mas meu pau logo ficou duro como uma rocha, foi quando a sobrinha desceu minha cueca e começou a acariciar meu pau que estava duro e latejante com muito tesão, logo sentir a bouca dela abocanhar meu membro que quase jorra porra na bouca dela de tanto tesão que eu estava mas me controlei, e fingie que acordei lhe surpriendendo e perguntando o que loucara estava fazendo, ela por sua vez ficou muito envergonhada e tentou desfaçar mas não conseguia contralar o tesão que estava sentindo, e foi contando uma historinha que as coleguinhas da escola tinha lhes contado a qual tinha chupado o pau do seu namorado e tinha gostado muito, e ela tinha ficado muito curiosa e queria saber se realmente era gostoso quanto ela tinha falado.

E eu por minha vez claro que tinha adorado aquela façanha da minha sobrinha e logo perguntei o que ela tinha achado ela com sua voz tremola falou que sua bucetinha estava dando ums leves choquinhos… e eu perguntei se podia passar a mão, ela falou que sim… então fui logo enfiando a mão dentro do seu short de laycra que era bem curtinha e bem grudado ao seu corpo ela estava sem calcinha…então eu falei Jú voce tem uma buceta bem grande e bem enchadinha e gostosa, ela falou voce acha, é e uma delicia pode chpar sua buceta, sim por favor faça isso pra ver se é bom como elas falaram. Então foi ai que arrancaquei aquele short do seu corpo e começei a passar a mão esfregando o seu clitóris que já estava todo enssopado e bem lisinho de sua lubrificação intima e de seu total tesão á qual já gemia de prazer eu sem pensar cair de boca na quela buceta carnuda e bem lizinha por que ela ainda não tinha pelos somentes umas pluminhas douradas ou melhor ruivas, então comecei a deslizar minha lingua por toda sua chana e á Jú toda se contorcendo de tanto tesão começou a gemer mas alto e com seu corpo todo tremolo quase gozando pela primeira vez, então eu começei a deslizar com mas força minha lingua encima da quela buceta linda e toda durinha e com seus labios grossos pra ser cincero era uma buceta nova e maravilhosa, eu muito empolgado de tesão em ver aquela ninfeta toda melada e com altos gemidos de prazer, foi quando fui surpriendido por um enorme jato de xixi ao meu rosto mas não parei por que eu sabia que ela estava gozado pela primeira vez que não aguentou a presão do gozo, ela uivava como uma cadela foi ai que ela parou seu prazer e todo seu corpo tremia, eu perguntei tudo bem? ela sim foi uma coisa que eu nunca tinha sentido antes,e voce gostou? sim foi maravilhoso quero mas…

Então eu começei a lamber todo seu corpo e levei meu pau a sua boca a qual logo foi tratando de englir centmetro por centimetro, e eu com minhas mãos ao seios duros e redondinhos a qual já estava com muito tesão novamente e foi ai que peguei meu casete de 19.5 cm bem cabeçudo que estava todo melado babando e louco pra ser entroduzido em um buraquinho quente… mas fui me contrlando e começei a bater ele em cima da quela buceta que com certeza ainda não aguenta um pau como o meu e começei a esfregar á entrada da sua buceta a qual estava quente e deramando muito liquido de tesão e logo ela pediu que eu chupasse uma outra vez, já que ela pediu faço tudo que voce pedir meu sobrinha linda!! chupando sua buceta e seu lindo rabinho que piscava de tesão foi quando eu quase gozado comecei a bater uma punheta em quanto eu chupava sua buceta logo levei meu casete a sua boca e ela começou a lamber como uma puta profissa então eu gozei na sua boca uma porra grossa e quente melando toda sua boca deramando pelo os seus seios e foi uma gozada deliciosa, então peguei sua boca suja de porra a beijei com força e ela gemedo decir a sua buceta e começei a chupar com força ate ela gozar outra vez, não me molhou de xixi mas deu um grito bem forte e toda se tremendo e se rolando a cama como uma louca.

Então paramos aquela bela sacanagens e a perguntei se gostou ela falou que e muito bom mas… estava com muita vergonha afinal eu era o tio dela, eu falei filha não se preocupe podemos fazer outras vezes ela falou jura podemos. Sim e só niguem saber do que aconteceu, ela falou claro tio pode deixar voçe não vai falar pra niguem que vim ao seu quarto né. Claro que não, foi bom não foi então vamos poder fazer muitas vezes, entao fui surpriendido com um belo beijo na boca daquela ninfeta que esta viciada em sacangens e já estamos fazendo isso todos os dias e ainda não tive coragenm de enfiar meu belo casete em sua bucetinha,mas todos os dias gozo como um cachorro naquela bouquinha quente… se voçe gostou deste conto comente e aguarde o proximo capitulo…